Stanley Hotel – O hotel que inspirou Stephen King a escrever “O Iluminado”.

Há muito tempo que eu queria visitar o Hotel Stanley, aquele hotel em que o Stephen King – autor de “O Iluminado”, teve sua inspiração para escrever o livro. Imagina, se um grande e lindo complexo hoteleiro no meio das montanhas, que ficava totalmente vazio durante os invernos, não seria recheado de história de fantasma? Claro que sim! Bom, não vi fantasma nenhum não, talvez eles só acreditem em quem acredita neles, né? Passamos o dia no hotel, já que optamos por fazer o tour histórico, e confesso que estou contando os dias para me hospedar lá!

O hotel fica em Estes Park, cidadezinha fofa no Colorado a quase 2300 metros de altitude em relação ao nível do mar e com um pouco mais de 6000 habitantes. Estes Park fica no meio das Montanhas Rochosas, e aliás o Parque Nacional das Montanhas Rochosas fica nessa cidade também. Ou seja, vale um dois em um: hospedagem no Hotel Stanley e um passeio de dia inteiro no parque! Se der sorte, talvez dê até para ver uns ursos de longe! Hehe! Um detalhe importante: prepare-se para um pouco de tonteira quando chegar devido à altitude. Aquela velha história: beba muita água, não force muito nas atividades físicas, evite excesso de bebidas alcoólicas e comidas muito gordurosas, etc, etc…

Como eu mencionei, por enquanto passamos só um dia no hotel e fizemos um tour histórico, que fala da história da fundação do hotel, do seu fundador F. O. Stanley, da sua paixão por construir carros movidos a vapor, além de contar sobre algumas histórias curiosas que aconteceram no hotel. Dentre elas o pior pesadelo da vida de Stephen King depois de uma noite no quarto 217 – o pesadelo que foi a grande inspiração para a obra “O Iluminado”; a saída repentina de Jim Carrey do quarto 217 enquanto filmava Dumb & Dumber (Debi e Loide); e o acidente com a funcionária do hotel, Elizabeth Wilson, em 1911 no, adivinha, quarto 217…

Um pouco da história do hotel:

O Stanley Hotel foi fundado por F. O. Stanley em Estes Park, Colorado, em 1909. Diagnosticado com tuberculose no final do século XIX, foi recomendado a F. O. Stanley, depois de sua terceira crise da doença, que passasse os verões no Colorado, devido ao clima seco e ameno, diferente do clima do Maine, onde morava o fundador do hotel. Entretanto, Denver – capital do estado do Colorado – era nessa época uma cidade muito poluída devido à intensa atividade industrial, o que definitivamente não contribuiria com o estado de saúde de Stanley.

Um médico de Denver recomendou então que Stanley fosse para as montanhas, já que o ar  na região seria mais limpo. Assim, em 1903, Stanley foi para Estes Park, uma minúscula vila povoada na época por algumas centenas de pessoas e lá teve uma recuperação incrível do seu estado de saúde. Desde então, Stanley passava todos os verões em Estes Park, até que em 1907 decidiu construir o luxuoso hotel Stanley, na verdade um luxuoso resort, para que pudesse receber seus amigos e familiares no Colorado – o que trouxe bastante desenvolvimento para a região na época. Dois anos depois, o hotel mais moderno da região estava pronto. Cada quarto, incluindo a suíte presidencial 217, tinha uma vista especial como por exemplo o Parque Nacional das Montanhas Rochosas (Rocky Mountain National Park) que fica a alguns poucos quilômetros de distância do hotel.

Nessa época, início do século XX, os hóspedes levavam suas crianças e deixavam-nas no quarto andar do hotel junto às babás, enquanto usufruíam do hotel. O quarto andar nada mais era que um grande sótão com somente dois quartos, um para as babás e uma enfermaria – atualmente quartos 411 e 428, respectivamente.

Em 1911, um acidente destruiu 10% do hotel – na verdade destruiu boa parte da suíte presidencial. A Governanta do hotel, Elizabeth Wilson, foi fazer uma inspeção na suíte presidencial e não percebeu um vazamento de gás do aquecimento. Ao entrar no quarto com um lampião, uma explosão ocorreu no quarto e a Srta. Wilson atravessou o piso e foi parar no primeiro andar, onde fica o restaurante. Ela não morreu, nem teve sequelas e depois de alguns poucos meses voltou a trabalhar. Srta. Wilson trabalhou por mais 40 anos no Stanley, até o ano de 1951.

Bom, a essa altura vocês já repararam que quase tudo gira em torno do quarto 217. É possível se hospedar nele, mas há uma pequena fila para isso. Também tem uma fila de espera para hospedagem nos quartos 428 e 411. Isso porque esses três são os quartos mais mal-assombrados de todo hotel. Cada um tem a sua história, mas o 217 foi onde a Srta. Wilson sofreu o acidente, e dizem que quem assombra esse quarto é ela. Alguns hóspedes dizem que tiveram suas coisas arrumadas durante a noite, os sapatos foram cuidadosamente colocados ao pé da cama, e isso é um sinal de que ela gostou de você. Outros dizem que tiveram experiências não tão agradáveis nesse quarto… Outros hóspedes que ficam no quarto andar dizem que ouvem crianças brincando em certo horário da noite, e alguns que ficam no quarto 428 dizem que sentem alguém medindo a temperatura deles com um toque na testa, clássico de uma enfermaria! Também tem os hóspedes que dizem que o senhor alto e magro de cartola que os atendeu na recepção do hotel é muito simpático! O detalhe é que não tem nenhum funcionário alto e magro que usa cartola no hotel e a única pessoa com essas características era o fundador, F. O. Stanley…

Atualmente o hotel conta com 140 quartos e diversas atividades são realizadas durante o ano com descontos para hóspedes, incluindo diferentes pacotes oferecidos pelo próprio hotel, jornadas gastronômicas com diferentes chefs, atividades ao ar livre durante o verão, shows, um evento especial de Halloween, dois diferentes tours – um histórico e um fantasmagórico, dentre outras atividades. Bem, eu não tive nenhuma experiência paranormal e muito menos anormal e achei o hotel muito agradável! De qualquer forma, as histórias são legais ou no mínimo interessantes. E definitivamente valem uma hospedagem! 🙂

O site do hotel é: http://www.stanleyhotel.com/

By Lalá!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s