Shake Shack, ou melhor: o Hype Shake Shack

Já tem uns meses que eu queria ir ao Shake Shack e optei por esperar o restaurante em Denver abrir, ao invés de ir em outro lugar. Bom, por que eu estava curiosa pra conhecer o Shake Shack? Ora, provavelmente pelos mesmos motivos que faz com que todos esperem por muitos minutos na fila. Afinal, o lugar é o mais novo lugar da moda na matéria de hambúrgueres nos EUA, e é claro que eu queria saber o que tinha de tão especial. Aqui em Denver o restaurante abriu oficialmente há umas duas semanas então com certeza é novidade pra muita gente por aqui, o que talvez explique a surpreendente fila que estava literalmente dobrando o quarteirão.

Bom, sempre quando vou conhecer um lugar novo de hambúrgueres, eu sempre opto pelo hambúrguer mais simples, ao menos na primeira vez. Isso porque o mais simples dos hambúrgueres revela a qualidade dos ingredientes mais importante que são utilizados na casa, que na minha opinião são o pão e o bife de hambúrguer, enquanto que muitos molhos e excesso de ingredientes disfarça o sabor (ou a falta de sabor).

Eu pedi (exageradamente) um ShackBurger com adição de bacon e um milk shake de morango. O Lucas pediu um SmokeShack, um milk shake de baunilha e nós dividimos uma porção de fritas com queijo e bacon. Sim, sim, foi tudo um exagero só e nós saímos de lá rolando, como há tempos não saíamos de uma lanchonete.

O hambúrguer é gostoso, mas sinceramente não achei nada de especial nele. Confesso que fiquei feliz em não criar expectativas. Eu não experimentei o hambúrguer do Lucas, mas ele disse que estava beeemmmm apimentado. O meu estava bom, como mencionei, mas não me surpreendeu em nada. O milk shake de morango estava muito bom, mas as batatinhas é que foram a atração pra gente. Confesso que adorei a textura ondulada! O queijo das batatas na verdade é um molho de queijo cheddar, que honestamente é desnecessário (é gostoso, mas desnecessário).

O Shake Shack tem um ambiente agradável e serve cerveja e vinho (o que foi uma grande surpresa pra mim, já que geralmente esse tipo de restaurante só serve bebidas sem álcool). O fato de ter muita gente na fila e gente esperando para sentar me incomodou muito, já que o restaurante não é enorme. Daí, a questão da bebida alcoólica perde o sentido pra mim, já que se você vai tomar cerveja ou vinho, não vai comer rápido e vagar a mesa… Bom, talvez essas filas gigantes só aconteçam em Denver, vai saber!

Ah, esqueci de mencionar que quase morri de sede por muitas horas depois de comer no Shake Shack e não faço ideia do porque… Enfim, recomendo experimentar sim, porque afinal o hambúrguer é bom. Só não vá achando que o hambúrguer do Shake Shack vai mudar todo o seu conceito sobre um bom hambúrguer. Nesse caso eu recomendaria outros lugares!

🙂

by Lalá

One thought on “Shake Shack, ou melhor: o Hype Shake Shack

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s