Brazi Bites

Como que um mineiro sobrevive em outro país sem pão de queijo? É uma tortura, eu poderia dizer! Claro que nesse momento todos devem estar pensando que eu sou tanto dramática, mas isso não verdade! O pão de queijo faz parte da dieta do mineiro, assim como o arroz e feijão faz parte da dieta do brasileiro.

IMG_1700

Quando fiz intercâmbio para os EUA, em 2002, praticamente ninguém conhecia o quitute. Entretanto, 15 anos depois, pode-se comprar pão de queijo no supermercado e até no cinema! Acreditam? Claro que ainda não é a coisa mais popular por aqui (EUA), mas já é um avanço.

Todo mineiro é muito sistemático com a qualidade do pão de queijo e eu posso dizer pelos meus conterrâneos que, sim nós desprezamos aqueles que não têm queijo na massa! Quando me mudei pro Colorado em 2015, uma amiga disse que havia uma marca de pão de queijo que ela gostava muito, que é o Brazi Bites. Fui experimentar meio desconfiada (aliás muito desconfiada), mas eu me surpreendi muito!! Bom, nos EUA não tem queijo curado, nem meia-cura… Então a Brazi Bites teve que adaptar a receita, obviamente. Mas ainda assim, ele não perde em nada para os pães de queijo congelados do Brasil e confesso, que eu gosto mais dele do que de algumas outras marcas…

Para quem não conhece, eu recomendo experimentar o de queijos cheddar e parmesão, que para mim é como se fosse o tradicional (pacote laranja), o maravilhoso de alho e queijo asiago (pacote roxo), e o deliciosamente picante de queijo pepper jack.

E não, eu não ganho nada do Brazi Bites, a recomendação é porque o trem é bom mesmo!!

F7908611-1634-41CA-868A-24F51E100443

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s